Receba nossa newsletter e não perca as novidades sobre imigração para Espanha!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Cronograma de Estudos: prepare-se para estudar na Espanha!

Conheça 5 passos para criar o seu cronograma de estudos e concorrer às vagas das universidades espanholas. Acesse!

Cronograma de Estudos: prepare-se para estudar na Espanha!

Como anda seu planejamento para estudar na Espanha? Já estruturou o seu cronograma de estudos?

Mais do que um calendário com dias, horários e disciplinas a serem estudadas, ter um cronograma é fundamental para melhorar o rendimento e a qualidade dos estudos preparatórios para ingressar em uma universidade espanhola

Neste blog compartilho com você 5 passos para estruturar um cronograma, considerando os conteúdos dos vestibulares espanhóis, de forma simples e assertiva. Confira!

POR QUE CRIAR UM PLANO DE ESTUDOS PARA ESTUDAR NA ESPANHA?

Assim como as universidades brasileiras, muitos centros de ensino superior espanhóis contam com processos seletivos e provas de admissão, inclusive os privados.  

Em termos de comparação, se, por um lado, no Brasil temos o Enem como o maior vestibular do país, na Espanha temos a Ebau (selectividad), um exame para alunos que terminaram o ensino médio e querem ter acesso às universidades espanholas.  

Mas, calma, isso não quer dizer que para fazer uma graduação na Espanha você precisa, necessariamente, prestar o vestibular Ebau. Existem outros caminhos, como a PCE e a via de acesso por meio exclusivo da nota do ensino médio

No entanto, uma coisa é certa, não importa a via que você escolha, é necessário estudar e se preparar para alcançar boas notas. E é justamente neste ponto que reside a importância do cronograma de estudos. 

Lembre-se: de modo geral, um plano de estudo se refere a um método personalizado, que considera as suas necessidades individuais como estudante, possibilitando melhores resultados.  

Nesse sentido, estruturar o calendário de estudos, gerenciando o tempo disponível, permite criar estratégias específicas para os cursos e as universidades que você tem interesse e te ajuda a evitar a procrastinação.  

Igualmente, ao criar uma rotina, o cronograma otimiza o tempo e aumenta o rendimento das horas estudadas. 

Dito isso, a seguir, te apresento 5 passos simples e efetivos para criar um cronograma de estudos e se preparar para ingressar em uma universidade espanhola. Espero que te ajude!

5 PASSOS PARA CRIAR O SEU CRONOGRAMA DE ESTUDOS 

1. CONHEÇA E DEFINA OS SEUS OBJETIVOS 

Seu plano de estudos precisa estar relacionado com seus objetivos universitários. Ou seja, antes de começar a estudar os conteúdos dos exames de admissão, você precisa ter claro quais os cursos e universidades desejadas. 

Ter objetivos bem definidos te possibilitará conhecer as vias de acesso, os exames aplicáveis, assim como as notas de corte — fatores indispensáveis para a construção de um cronograma estratégico. 

Além disso, ao seguir os requisitos dos cursos de interesse, você poderá identificar as suas prioridades de estudo, fazendo uma autoavaliação e entendendo quais matérias precisa estudar mais ou menos. 

RESUMO:

  • Crie uma lista com as graduações e universidades para as quais deseja aplicar;
  • Liste quais as notas de corte de cada curso escolhido e quais as vias de acesso disponíveis para estrangeiros; 
  • Faça um levantamento dos conteúdos que você precisa estudar.
2. CRIE UM BOM AMBIENTE DE ESTUDOS 

O espaço físico onde você decidir estudar pode tanto contribuir quanto atrapalhar o seu rendimento. Abaixo listo alguns pontos importantes na hora de escolher onde estudar: 

  • Escolha um ou mais locais que contenham a infraestrutura necessária. Seja no seu quarto ou em uma biblioteca, você precisará de uma mesa com espaço e uma cadeira com encosto. Estudar no sofá ou na cama não é uma boa opção para o seu rendimento (nem para a sua coluna). 
  • Mantenha o ambiente em ordem. A desorganização persistente distrai, impedindo que você tenha períodos mais longos de concentração e produtividade. Igualmente, mantenha os arquivos do computador em pastas ordenadas e use nomes descritivos para facilitar a identificação. Isso irá otimizar o seu tempo.
  • Livre-se de ruídos e distrações. Se você vai estudar em casa, avise sua família que de um horário X até um horário Y você estará estudando e, por isso, não pode ser incomodado(a). E, claro, não se esqueça de silenciar as notificações do seu celular. 
  • Garanta uma boa iluminação para o seu espaço de estudos. De modo geral, a luz natural é a melhor aliada para o estudo. No entanto, caso você não tenha luz natural direta, combine com luz artificial. 

O importante é não estudar no escuro, uma vez que, em condições de baixo contraste, os olhos necessitam de mais estímulos, o que acaba resultando em uma fadiga ocular e, por vezes, dores de cabeça.  

3. ESTABELEÇA HORÁRIOS 

Objetivos definidos, espaço preparado. Chegou a hora de criar seu calendário de estudos!

  1. Escreva em um papel ou em uma planilha digital os horários semanais nos quais você pode dedicar-se aos estudos, assim como o tempo (em meses) que tem para se preparar. 
  2. Elenque todas as matérias e conteúdos que precisa estudar. 
  3. Organize os conteúdos, por ordem de prioridade e tempo necessário para o estudo. Inclua aquilo que é possível e palpável, tendo em mente os tópicos relevantes para o curso escolhido.   
  4. Distribua os tópicos entre as horas semanais disponíveis. Mas, cuidado! Não tente abraçar o mundo de uma só vez, seja realista com os horários. 
  5. Deixe tempos de pausas entre blocos de estudo, para realizar refeições ou descansar.  

Tenha em mente que o planejamento é a base do sucesso!

4. ENCONTRE O MÉTODO QUE TE AJUDA A ESTUDAR COM MAIS QUALIDADE

Na hora de criar seu calendário, considere a modalidade de estudo que melhor se adéqua ao seu perfil de estudante. 

Você prefere estudar individualmente ou acompanhado por um colega? Considerando os conteúdos, você precisará de suporte de um professor particular ou conseguirá desenvolver-se sozinho(a) com os materiais que tem à sua disposição? 

Caso precise de professores, a Espanha conta com plataformas de aulas particulares online, como, por exemplo:

Em geral, todas são boas opções para estudar com nativos e aprender conteúdos de matérias como química, física, castelhano, história da Espanha e matemática.  

Outro ponto importante é usar técnicas de estudo, como o método pomodoro e a teoria da curva do esquecimento — uma metodologia que auxilia na revisão de conteúdos estudados recentemente.

5. REVISE E ATUALIZE O SEU PLANO DE ESTUDOS 

Adquira o hábito de ver seu cronograma diariamente. Isso te ajudará a seguir os horários estabelecidos, sem improvisos. 

Adicionalmente, a cada quinze dias, faça uma análise do calendário e entenda se os horários são de fato adequados e realistas, se é necessário aumentar a carga horária, ou se é preciso adicionar ou diminuir matérias.

DICAS EXTRAS PARA SUA ROTINA DE ESTUDOS

  • Durma bem todas as noites;
  • Não abra mão das pausas intencionais entre os períodos de estudo;
  • Reserve dias da semana para revisar conteúdos que foram estudados anteriormente;
  • Tenha disciplina para seguir o cronograma;
  • Faça simulados e identifique quais os pontos de erros e acertos;
  • Respeite sua realidade e considere ela na hora de ajustar seus horários;
  • Invista em uma alimentação balanceada, seu corpo precisa de energia;
  • Escolha ao menos um dia da semana para descansar corpo e mente.