Receba nossa newsletter e não perca as novidades sobre imigração para Espanha!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

5 vantagens de estudar um curso superior na Espanha

Estudar na Espanha faz parte dos seus planos para o futuro? Confira 5 vantagens de realizar um curso superior neste país iberico e surpreenda-se!

5 vantagens de estudar um curso superior na Espanha

Rica em oferta de ensino e com instituições reconhecidas internacionalmente, a Espanha é um ótimo destino para iniciar ou dar continuidade a um curso superior. Com mais de 80 universidades espalhadas pelo país, muitos dos centros de ensino contam com processos de admissão voltados ao público estrangeiro.  

E você, já pensou em estudar na Espanha? Neste blog eu te conto algumas das principais vantagens de realizar um curso superior em terras espanholas e como se candidatar a vagas. Confira!

1. Variedade de cursos e instituições 

Assim como no Brasil, as universidades da Espanha estão divididas em públicas e privadas. De acordo com o Ministério de Universidade, entre faculdades e escolas, são mais de 1050 centros espalhados por todo o país.

Com opções de curso superior na modalidade presencial, semipresencial e remoto, para nível de graduação, o país conta com exatas 3008 titulações — além daquelas destinadas à pós-graduação (mestrado e doutorado). Uma ampla oferta que atende as demandas de diferentes perfis de estudantes.  

2. Bolsas de estudos 

Você sabia que existem bolsas específicas para brasileiros estudarem na Espanha? Bem, isso acontece porque algumas instituições financiam (parcial ou integralmente) os estudos de alunos que pertencem a países da comunidade ibero-americana. 

Esse é o caso da Fundação Carolina que, anualmente, abre convocatórias de bolsas de estudo para cerca de 170 programas acadêmicos em centros de ensino espanhóis. 

Além disso, parte das universidades espanholas contam com programas internos de bolsas e auxílios para a realização do curso superior. Alguns exemplos de instituições que contam com esta opção são: Universidade de Sevilha, Universidade de Barcelona, Universidade de Valência e Universidade Complutense de Madrid. 

3. Universidades abertas a estudantes estrangeiros 

É verdade que a vantagem das bolsas de estudos pode ser atrativa, mas, além disso, muitas das universidades na Espanha contam com processos seletivos voltados ao público estrangeiro. Um diferencial que faz toda diferença! 

Para curso superior ao nível de graduação, por exemplo, algumas instituições de ensino aceitam os resultados da Prova de Competência Específica (PCE), uma espécie de vestibular para alunos estrangeiros.  

Por outro lado, as universidades públicas da Andaluzia, por exemplo, abrem uma convocatória específica para não-espanhóis. Dessa forma, você compete apenas com outros estudantes estrangeiros.

Nesse vídeo do YouTube eu te ensino, em um tutorial simples e rápido, como solicitar uma vaga para cursar um mestrado na Espanha na fase de estrangeiros. Vale a pena conferir!

4. Imersão na cultura e no idioma 

Não podemos citar as vantagens de estudar um curso superior na Espanha e deixar de fora o fator: imersão cultural e idiomática. Afinal de contas, estamos falando de um país rico em cultura e com a segunda língua mais falada do mundo – em número de usuários. 

Estudar na terra de Cervantes e Picasso irá ampliar a sua bagagem cultural e permitir uma troca de saberes que fará diferença tanto na sua vida acadêmica e profissional, quanto pessoal.  

5. Autorização de busca de trabalho após conclusão do curso superior

Por fim, seguindo a linha das vantagens no âmbito profissional, uma vez concluído o curso superior na Espanha, você tem direito a pedir uma autorização de busca de trabalho. Uma estratégia criada pelo governo espanhol com o propósito de atrair talentos qualificados ao mercado de trabalho do país.

Quer saber mais sobre esta modalidade? Eu tenho um blog exclusivo sobre o tema, acesse e confira: Autorização de Busca de Trabalho na Espanha

× Enviar mensagem