Receba nossa newsletter e não perca as novidades sobre imigração para Espanha!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Estudar na Espanha: as universidades mais baratas e mais caras do país

Afinal, estudar na Espanha é caro? Acesse o blog e confira as instituições espanholas de ensino superior mais acessíveis e as com maior custo anual.

Estudar na Espanha: universidades mais baratas e mais caras do país

Quem já pensou em estudar na Espanha provavelmente também se perguntou quais os custos que esse objetivo engloba. 

A boa notícia é que, em comparação aos demais países europeus, a Espanha tem um custo de vida mais acessível e opções de universidades que se adéquam a diferentes realidades econômicas. 

Neste blog vou te apresentar as opções de centros de ensino superior mais baratas e aquelas com um custo mais elevado. Desta forma, você poderá nortear melhor suas escolhas, baseando-se na sua situação financeira. 

Como bônus, ao longo do texto deixo algumas informações extras que podem te ajudar na construção da sua meta de estudar na Espanha. Vamos lá?

O QUE ESTUDAR NA ESPANHA?

De curso de idioma a doutorado, a oferta acadêmica da Espanha é rica e plural, abarcando as principais áreas de estudos e suas ramificações. 

Para graduação, por exemplo, o país conta com mais de 2 mil opções de cursos, distribuídos tanto em instituições privadas quanto públicas, segundo dados do Observatório do Sistema Universitário

Já quando falamos de mestrados, não só existe uma vasta lista de possibilidades, como também duas modalidades de curso: o mestrado habilitante e o mestrado não habilitante

Enquanto o primeiro tipo é requisito para o exercício de algumas profissões, como advogados e psicólogos, o segundo pode ser cursado ​​por qualquer pessoa com um diploma de graduação. 

Por outro lado, se o que você está buscando são opções de cursos técnicos e de formação profissional, saiba que as alternativas são múltiplas e incluem ramos com ótima saída laboral, como, por exemplo:

  • Administração e gestão;
  • Eletricidade e eletrônica;
  • Instalação e manutenção; 
  • Fabricação mecânica;
  • Informática e comunicações;
  • Transporte e manutenção de veículos;
  • Hotelaria e turismo. 

QUAIS AS UNIVERSIDADES MAIS CARAS DA ESPANHA?

Já decidiu que tipo de curso você vai estudar na Espanha? Então é hora de conhecer as universidades mais caras e as mais baratas do país. A começar por aquelas com maior custo.

Mas, antes de irmos à lista, preciso ressaltar que as universidades privadas espanholas, em geral, possuem custos mais elevados que as públicas, o que acaba refletindo nos resultados que apresentarei em seguida.

No entanto, também é certo que, por contarem com requisitos de acesso e sistemas seletivos próprios, essas universidades não se baseiam na nota de corte dos vestibulares públicos e, por essa razão, podem ser acessadas com mais facilidade.

Igualmente, os centros privados costumam ter bons convênios e acordos com empresas, oferecendo mais períodos de estágio e suporte no quesito laboral, o que é uma grande vantagem para quem busca rápidas inserções no mercado de trabalho.

Pontuadas essas diferenças básicas, vamos à lista!

UNIVERSIDADE EUROPEIA DE MADRI

Fundada em 1989, é considerada o centro universitário privado mais caro do país, com um custo médio anual de 10 mil euros para graduações e 14 mil para pós.

Além das opções de ensino superior, a UE oferece cursos de idiomas, de verão e de formação profissional (FP), alguns em modalidade presencial, outros em modalidade online. 

Para conhecer mais sobre a universidade, acesse: Universidad Europea

UNIVERSIDADE ALFONSO X O SÁBIO

Privada e fundada em 1993, a UAX oferece cursos técnicos, graduações e pós, além de centros de saúde próprios — incluindo clínicas odontológicas e hospitais veterinários.

Ademais, entre suas vantagens competitivas estão os mais de 8 mil convênios com empresas e seu grande investimento na preparação dos alunos para o mercado laboral.

O preço? Enquanto faculdades da área da saúde tem um custo médio anual de 17 mil, outras áreas de estudo, como administração e direção de empresas, saem por um pouco mais de 8 mil euros/ano.

Para conferir mais detalhes, acesse a página oficial da instituição: UAX

UNIVERSIDADE ANTONIO DE NEBRIJA

Também localizada na região de Madri, a Universidade de Nebrija está entre as privadas mais prestigiadas do país.

Fazer faculdade na instituição pode custar entre 5 e 8 mil euros anuais, considerando cursos das áreas de comunicação e artes, línguas e educação, economia e empresas, informática e engenharia, saúde, direito e ciências da natureza.

Encontre mais detalhes acessando: Nebrija.

UNIVERSIDADE SAN PABLO CEU

Com graduações que vão desde 6 até 21 mil euros no primeiro ano de faculdade, a USP CEU oferece mais de 70 opções de cursos, cerca de 350 acordos de mobilidade internacional e uma taxa de empregabilidade superior a 94%.

Além disso, sua oferta acadêmica cobre cursos de mestrado, formação permanente, doutorado e títulos próprios, como o “curso de direito digital e inovação tecnológica”.

Conheça a oferta acadêmica completa em: USP CEU.

UNIVERSIDADE RAMÓN LLUL

Localizada em Barcelona, a URL foi fundada em 1990 e desde então tem se destacado entre as universidades privadas da Espanha.

Ao total, conta com 14 faculdades e escolas, dentre as quais a escola de negócios Esade Business School, com graduações e pós em empreendedorismo, inovação, marketing e afins.

Assim como nas demais instituições apresentadas, o preço na URL varia conforme o curso escolhido, podendo ir desde 3 até 19 mil euros.

Consulte o site oficial da universidade acessando: URL.

QUAIS AS UNIVERSIDADES MAIS BARATAS DA ESPANHA?

Passando pelos centros de ensino com maiores custos do país, é hora de conferir as universidades mais acessíveis, em termos financeiros, da Espanha!

UNIVERSIDADE DE SEVILHA

É na capital da Andaluzia onde encontramos uma das instituições mais acessíveis (financeiramente) do país.

Fundada em 1505, a US é uma universidade pública e, por isso, os preços dos cursos oficiais são estabelecidos pelo governo regional com base nas diretrizes da Assembleia Geral de Política Universitária.

Com edifícios declarados Bens de Interesse Cultural e a terceira maior biblioteca do país, a Universidade conta com graduações que custam, aproximadamente, 750 euros/ano – considerando 60 créditos anuais.

Para conferir todas as opções de cursos, acesse: Universidad de Sevilla

UNIVERSIDADE DE SALAMANCA

Ativa desde 1218 e localizada na comunidade de Castilha e Leão, a USAL é a universidade mais antiga da Espanha e a quarta mais antiga da Europa — atrás apenas das universidades de Bolonha, Paris e Oxford.

Ao ser uma universidade pública, os valores dos créditos também são estabelecidos pelo governo. Para o curso 2022/2023, por exemplo, o primeiro ano de graduação pode ir desde, aproximadamente, 750 até 1300 euros, a depender da área de estudo.

A tabela completa de preços você confere em: USAL

UNIVERSIDADE DE ZARAGOZA

Pública e localizada em Aragón, a Unizar segue os preços estabelecidos anualmente pelo governo.

Um ponto de interesse é que, ao contrário das universidades da Andaluzia, por exemplo, os preços da Unizar diferem para espanhóis e estrangeiros.

Enquanto para cidadãos da União Europeia os valores no primeiro ano de graduação começam em 810 euros (60 créditos/ano), para estrangeiros o custo inicial é de, aproximadamente, 2400 euros.

Confira os preços públicos para europeus e estrangeiros em: Unizar

UNIVERSIDADE DE VALÊNCIA

Com 18 faculdades distribuídas em 3 campus, a Universidade de Valência está entre as mais baratas da Espanha.

Pública, os valores dos créditos são definidos anualmente e começam em, aproximadamente, 710 euros e podem chegar a 1080 euros no primeiro ano de graduação.

Para pós-graduações, os valores cobrados de nativos e residentes podem diferir daqueles cobrados de estrangeiros.

Todos os detalhes de preços você confere aqui: UV

UNIVERSIDADE DE ALCALÁ

Pública e situada em Alcalá de Henares, na comunidade autônoma de Madri, a UAH conta com uma ampla oferta acadêmica, possuindo também um campus na cidade de Guadalajara.

Ao total são 39 títulos de graduação, 52 mestrados e 28 programas de doutorado, além de cursos próprios.

Quando falamos de preços, os valores vão de 1015 até 1240 no primeiro ano de estudo, considerando 60 créditos anuais.

Confira os preços públicos em: UAH

OUTROS CONTEÚDOS QUE PODEM TE AJUDAR

E aí, o que você achou dos valores das universidades espanholas? Estão dentro daquilo que você imaginava?

Para te ajudar a complementar sua busca por informações para estudar na Espanha, deixo abaixo alguns links úteis. Dá só uma olhada!

× Enviar mensagem