Receba nossa newsletter e não perca as novidades sobre imigração para Espanha!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Golden Visa: visto para investidores na Espanha 

Acesse o Blog Kalil e saiba mais sobre o Golden Visa, a autorização de residência para investidores e empreendedores estrangeiros.

Golden Visa: visto para investidores na Espanha 

No nosso último blog falamos sobre a possibilidade de residir na Espanha, trabalhando para outro país, por meio do visto de nômades digitais. Hoje, por outro lado, quero te apresentar o Golden Visa, uma via especial para investidores. 

Ao longo do texto você poderá entender melhor do que se trata este tipo de visto, quem pode solicitar e quais os seus requisitos, além de conhecer algumas de suas vantagens, como, por exemplo, a obtenção da nacionalidade espanhola

Começamos?

O QUE É O GOLDEN VISA DA ESPANHA?

Em termos simples, o Golden Visa se refere a um visto de residência para cidadãos não pertencentes à União Europeia que realizem um investimento econômico na Espanha, seja em imóveis ou em capital (ações, dívidas públicas, depósito bancário, etc). 

Também denominada como “Autorização de Residência para Investidores e Empreendedores”, essa autorização permite ao interessado não só residir, como também trabalhar em território espanhol. 

QUEM PODE SOLICITAR O GOLDEN VISA ESPANHOL?

O visto de residência deve ser solicitado por um investidor maior de idade e que não se encontre de maneira irregular na Espanha. 

Ademais, o interessado deve carecer de antecedentes penais, apresentado uma certidão emitida pelas autoridades do país (ou países) onde residiu nos últimos 5 anos. Este documento, por sua vez, deve estar devidamente legalizado com a Apostila de Haia.

Vale pontuar que, caso o investidor siga todos os requisitos, a autorização de residência poderá se estender ao cônjuge e aos filhos menores de idade, ou, em seu caso, descendentes maiores de 18 anos que comprovem dependência econômica. 

QUAIS OS CAMINHOS PARA INVESTIR NA ESPANHA?

Atualmente, existem 3 tipos de investimentos de capital significativos que podem dar direito ao Golden Visa. Detalharei cada um a seguir. 

1. Investimento em imóveis

Em primeiro lugar temos a compra de imóveis na Espanha. Um dos caminhos mais conhecidos e escolhidos por estrangeiros.

Para se qualificar para o Golden Visa, o investimento deve ser superior a 500.000€ líquidos, ou seja, livres de taxas e ônus. 

Atenção: o valor mínimo pode ser alocado na compra de um ou mais imóveis, sejam estes residenciais, comerciais ou, inclusive, terrenos. 

Além disso, todo o valor investido deve ser computado no nível individual, de modo que, por exemplo, a compra não pode estar no nome de duas ou mais pessoas.

2. Investimento em ativos financeiros 

Outra opção que se enquadra nos critérios do visto para investidores é a de ativos financeiros. 

Neste caso, o interessado deve realizar um investimento igual ou superior a dois milhões de euros em títulos da dívida pública espanhola, ou de valor igual ou superior a um milhão de euros em ações ou participações sociais em empresas espanholas. 

O investimento de um milhão de euros também pode ser realizado em depósitos bancários em instituições financeiras da Espanha. Sendo esta a opção que, normalmente, envolve menos riscos para o investidor.

3. Criação de empresa

Por fim, existe a possibilidade de tramitar o Golden Visa após investir em um projeto empresarial na Espanha que seja considerado de interesse geral. 

Para tal, o empreendimento deve cumprir com um dos três requisitos citados a seguir:

  • Criação significativa de empregos;
  • Impacto socioeconômico significativo na área geográfica em que se desenvolverá a atividade;
  • Contribuição relevante para a inovação científica e/ou tecnológica do setor em que pretende atuar.

QUAIS AS VANTAGENS DO VISTO PARA INVESTIDORES?

Agora que você já sabe quais os caminhos para se tornar elegível ao Golden Visa, quero te apresentar as principais vantagens desta via de residência na Espanha. Confira!

  • Fácil tramitação: para solicitar o visto de investidores o interessado não precisa estar na Espanha. Toda a tramitação pode ser realizada via consular, ainda no Brasil. 

Para saber mais, acesse: Consulados da Espanha no Brasil

  • Não exige a residência obrigatória na Espanha: ao contrário das demais autorizações de residência, o Golden Visa não “obriga” o solicitante a residir por um tempo mínimo na Espanha. Desta forma, o investidor pode tanto mudar-se definitivamente para o país, como apenas passar temporadas. 
  • Direito a trabalhar na Espanha: caso queira residir no país, o proprietário do Golden Visa e/ou seu cônjuge têm direito a trabalhar na Espanha, tanto como empregado quanto como autônomo. 
  • Nacionalidade espanhola: investidores nacionais de países ibero-americanos (incluindo Brasil) podem solicitar a nacionalidade espanhola após 2 anos de residência no país. No vídeo abaixo você confere os 3 principais requisitos deste tipo de solicitação de cidadania!

OUTROS CAMINHOS PARA MORAR LEGALMENTE NA ESPANHA

Você ainda não se encaixa nos critérios do Golden Visa? Não se preocupe, existem outras formas de conseguir uma autorização de residência na Espanha. Separei as principais para você!

Confira a que mais se adéqua ao seu perfil, clique no link e seja redirecionado para um conteúdo detalhado: