Receba nossa newsletter e não perca as novidades sobre imigração para Espanha!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Como homologar o diploma de especialista em medicina na Espanha?

Invista na sua carreira internacional! Acesse o blog e saiba como homologar o diploma de especialista em medicina na Espanha.

Como homologar o diploma de especialista em medicina na Espanha?

Você é médico no Brasil e está pensando em trabalhar na Espanha? Então, provavelmente já ouviu falar sobre a homologação do diploma de especialista em medicina, verdade?

Se não, tudo bem. Ao longo deste blog te apresentarei todos os detalhes sobre esse processo de revalidação de diploma, solucionando as principais dúvidas e te deixando ainda mais perto do sonho de iniciar uma carreira internacional. Confira!

O QUE É UMA HOMOLOGAÇÃO DE TÍTULO DE GRADUAÇÃO?

Antes de adentrarmos nas especificações da homologação do diploma de especialista em medicina, vamos dar alguns passos atrás para entendermos melhor o que significa homologar um diploma, pode ser?

Em termos simples, a homologação se refere ao processo de equivalência do curso (universitário ou não universitário) realizado no Brasil (ou em outro país) para um equivalente na Espanha. 

Deste modo, ao final do processo realizado pelo Ministério de Universidades na Espanha, o certificado expedido no Brasil passa a ter os mesmos efeitos, direitos e obrigações que aqueles expedidos em território espanhol. 

Nesse sentido, o interessado pode tanto se candidatar a vagas de emprego para exercer a profissão, como se inscrever no respectivo Conselho Profissional do país. 

Todas as graduações realizadas no Brasil precisam ser homologadas? Não! 

Este trâmite burocrático se aplica apenas para profissionais reguladas como, por exemplo: assistentes sociais, dentistas, enfermeiros, engenheiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, médicos, nutricionistas, e médicos veterinários.

COMO HOMOLOGAR O DIPLOMA GERAL DE MEDICINA? 

Como vimos no tópico anterior, o curso de medicina está entre aqueles que necessitam passar pelo processo de homologação, o que acaba refletindo diretamente no próximo passo:

Antes de homologar o diploma de especialista em medicina, você precisará homologar o seu diploma geral (médico generalista). 

Todas as informações e requisitos sobre esta primeira etapa, você confere no vídeo abaixo!

COMO HOMOLOGAR O DIPLOMA DE ESPECIALISTA EM MEDICINA?

Diploma geral devidamente homologado? Hora de validar o seu diploma de especialista!

Aqui é preciso ter bastante atenção, pois o processo difere. 

Em primeiro lugar, ao contrário do processo de cursos gerais, nos quais os trâmites são realizados no Ministério de Universidades, a validação dos títulos de médicos especialistas são conduzidas pelo Ministério da Saúde da Espanha.

Em segundo lugar, os requisitos e as documentações são outras e, inclusive, podem variar de especialidade para especialidade. 

Mas, calma, vou te explicar tudo no próximo tópico. 

DOCUMENTOS PARA HOMOLOGAR O DIPLOMA DE ESPECIALISTA EM MEDICINA
  • Passaporte válido;
  • Título de médico geral, devidamente homologado;
  • Certificado de estudo oficial que confere ao interessado o título de especialista, expedido pela universidade do país correspondente;
  • Certificado oficial do programa de formação do curso de especialização (contendo as informações do Centro de Ensino, o tempo de formação com datas exatas e o sistema de acesso);
  • Certificação oficial das atividades teóricas e práticas realizadas pelo candidato;
  • Se for o caso, declaração que comprove o tempo dedicado pelo candidato, após o período de formação, ao exercício profissional da especialidade;
  • Acreditação do nível de espanhol (ideal C1).  

DEMAIS REQUISITOS 

É importante pontuar que todos os documentos citados anteriormente devem ser oficiais, emitidos pelas autoridades competentes, e legalizados por meio da Apostila de Haia. 

Igualmente, após o apostilamento, toda a documentação deve ser acompanhada, se for o caso, de sua correspondente tradução juramentada para o espanhol. 

Importante: caso o curso tenha sido realizado em um país cujo espanhol é a língua oficial, como Argentina e Paraguai, a tradução não é necessária. 

TEMPO DE FORMAÇÃO

Lembra que mencionei que, a depender da especialidade, os requisitos difeririam? Isso se deve a exigência de um período mínimo de formação. Abaixo, listo alguns exemplos. Dá só uma olhada!

  • Anatomia Patológica – 4 anos
  • Anestesiologia e Reanimação – 3 anos
  • Cardiologia – 4 anos
  • Cirurgia Geral – 5 anos
  • Cirurgia Pediátrica – 5 anos 
  • Cirurgia Plástica – 5 anos
  • Dermatologia – 3 anos 
  • Endocrinologia – 3 anos
  • Hematologia e hemoterapia – 3 anos
  • Neurocirurgia – 5 anos
  • Neurologia – 4 anos
  • Obstetrícia e Ginecologia – 4 anos
  • Oftalmologia – 3 anos
  • Oncologia de Radiação – 4 anos
  • Ortopedia – 5 anos
  • Otorrinolaringologia – 3 anos 
  • Pediatria – 4 anos
  • Pneumologia – 4 anos
  • Psiquiatria – 4 anos
  • Radiodiagnóstico – 4 anos
  • Reumatologia – 4 anos
  • Urologia – 5 anos

Não encontrou sua especialidade aqui? Confira a lista completa acessando: Diário Oficial

FICOU COM DÚVIDAS OU PRECISA DE SUPORTE? CONTE COMIGO!

O processo para conseguir homologar o diploma de especialista em medicina é longo e, por vezes, complexo. Por isso, se você precisar de assessoria, não exite em entrar em contato comigo. 

Análise prévia de viabilidade do caso, revisão da documentação, assessoramento para seguir todos os requisitos, realização e gestão da solicitação e, se for o caso, recursos judiciais. Como posso te ajudar?

Coleciono casos de sucesso e estou segura de que, juntos, poderemos realizar o seu sonho de ser médico(a) na Espanha!