Receba nossa newsletter e não perca as novidades sobre imigração para Espanha!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Morar na Espanha em 2023: informações que você precisa saber!

Confira as informações que farão diferença no seu planejamento para morar na Espanha em 2023!

Morar na Espanha em 2023: informações que você precisa saber!

Morar na Espanha faz parte dos seus planos para 2023? Então, este blog é para você!

Acompanhe a leitura e confira informações-chave sobre imigração, dicas para aluguel de moradia, estimativas de custos e links para conteúdos complementares que facilitarão a construção do seu planejamento migratório.

VISTOS PARA MORAR NA ESPANHA

Vamos começar pelo tema que norteia os demais?

Se a sua intenção é permanecer por mais de 3 meses em território espanhol e você não tem cidadania de outro país da União Europeia, terá a sua disposição dois caminhos para morar legalmente na Espanha: solicitar um visto no Brasil ou uma autorização de residência diretamente no país ibérico.

A seguir, confira as 3 principais opções de vistos para brasileiros que planejam morar na Espanha em 2023.

1. VISTO DE ESTUDANTE

Curso de idioma, formação profissional, graduação, mestrado ou doutorado. Seja qual for a sua escolha, a Espanha, além de ser um país rico em oferta acadêmica, é uma das principais escolhas de destino para estudantes estrangeiros.

Todos os detalhes sobre como solicitar o seu visto de estudante, você confere no vídeo que abaixo!

2. VISTO DE TRABALHO

Você faz parte do grupo de pessoas que quer iniciar uma carreira internacional? Se a Espanha for o seu país de destino, solicitar o visto será um passo indispensável.

No entanto, no caso da modalidade de visto de trabalho, é preciso estar atento(a), pois esta só é concedida se o interessado já contar com uma oferta na Espanha. Ou seja, você não pode solicitar o visto e só depois procurar uma vaga de emprego.

Para facilitar o entendimento desse processo de concessão de vistos de trabalho para pessoas que não pertencem à União Europeia, criei um vídeo especial com a especialista em carreira no exterior, Rachel Alvarez. O conteúdo está riquíssimo, dá só uma olhada:

3. VISTO DE RESIDÊNCIA NÃO LUCRATIVA

Se o que você busca não é nem estudo e nem trabalho, tenho boas notícias: a Espanha conta com uma modalidade de visto especial para quem tem meios de subsistência suficientes e não quer exercer nenhuma atividade laboral.

Esta modalidade de autorização se estende tanto ao solicitante quanto ao seu respectivo cônjuge ou filhos dependentes.

Ficou interessado(a) nessa possibilidade e quer ter mais informações? Basta dar o play no vídeo explicativo do visto de residência não lucrativa!

CUSTO DE VIDA NA ESPANHA

Antes de tudo, vale reforçar: o custo de vida é um tema subjetivo/pessoal. Por isso, preciso que você tenha claro que, ao contrário do tópico de vistos, este é mais variável e não pode ser tido como uma verdade que se aplica a todas as pessoas.

Dito isso, quero te apresentar alguns pontos relevantes que permeiam os custos de vida na Espanha. Dessa forma, será mais simples estruturar o seu planejamento migratório e o seu orçamento financeiro. Vamos lá?

ALUGUEL

A menos que você tenha família na Espanha ou vá se hospedar na casa de amigos, o aluguel é o principal custo que precisa entrar no seu levantamento de gastos fixos.

Na tabela abaixo apresento algumas estimativas de preços de aluguel nas principais cidades do país.

Caso a sua cidade de interesse não seja mencionada, logo após a lista você encontrará links para sites onde pode visualizar preços de aluguel de quartos, casas e apartamentos.

PREÇO MÉDIO/MÊS DE ALUGUEL  (VALORES APROXIMADOS)
Barcelona2400 €
Madri1900 €
Valência 1400 €
Alicante 1200 €
Girona1200 €
Málaga1100 €
Sevilla900 €
Zaragoza700 €
Lugo 600 €
Os valores apresentados levam em conta levantamentos realizados em novembro de 2022.

Para pesquisar valores ou até mesmo entrar em contato com imobiliárias e proprietários, acesse:

ALIMENTAÇÃO

Outro item que não pode faltar na sua lista de estimativas de custos é a alimentação, assim como os demais gastos em mercados.

Para este caso, uma boa opção é entrar em sites de supermercados que atuam na Espanha e simular uma compra. Desta maneira, você conseguirá conhecer os valores dos produtos que não poderiam faltar na sua despensa espanhola.

Algumas dicas de sites que você pode visitar:

TRANSPORTE

É certo que muitas coisas na Espanha podem ser feitas a pé. Em comparação ao Brasil, as cidades são menores e os bairros costumam ter uma boa infraestrutura, oferecendo farmácias, supermercados, quitandas, postos de gasolina, agências bancarias, dentre outros.

No entanto, para aqueles que querem economizar tempo ou se deslocar para lugares distantes, a Espanha conta com um ótimo sistema de transporte público, incluindo ônibus, metrô e trem.

Os valores variam de cidade para cidade. Em Madri, por exemplo, um bilhete mensal custa em torno de 55 €, enquanto em Sevilha, no sul do país, o preço do cartão mensal pode ficar por volta de 30 €.

Já no quesito viagens, é possível locomover-se tanto com transportes públicos quanto privados. Para saber como economizar e viajar de maneira rápida pela Espanha, assista ao seguinte vídeo:

CONTEÚDOS EXTRAS PARA VOCÊ QUE QUER: